quarta-feira, 7 de abril de 2010

A COBRA E O VAGALUME

Era uma vez uma cobra que perseguia um vaga-lume que nada mais fazia do que simplesmente brilhar.



Ele fugia rápido com medo da feroz predadora e a cobra nem pensava em desistir.


Fugiu um dia, dois dias, mais outro e nada.


No terceiro dia, já sem forças, o vaga-lume parou e disse à cobra:


-- Posso fazer três perguntas?, disse o vaga-lume.


-- Pode. Não costumo abrir esse precedente para ninguém, mas já que vou te devorar, pode perguntar.


-- Pertenço a sua cadeia alimentar?


-- Não.


-- Te fiz alguma coisa?


-- Não.


-- Então por que você quer me comer?


-- PORQUE NÃO SUPORTO VER VOCÊ BRILHAR.....

2 comentários:

Angela Dal Pos - Morena de Pintas disse...

oi querida, adoro essa historinha. Passei por aqui para me atualizar das novidades e adorei os últimos posts. beijinho
PS. Bom saber que estou no caminho certo no meu pacote de beleza :)

Consultório disse...

Oi Karla!!
Muito legal esta fábula!
Podemos relacionar e refletir com várias situações de nossas vidas!
beijos Nicolle