domingo, 26 de setembro de 2010

Minha essência

Alguém em caminhada rumo à evolução; que não desiste de tentar, e não se cansa mesmo ao falhar. Sei ser menina, meiga, ingênua, às vezes mimada e dengosa, mas sei ser mulher corajosa, determinada. Amo tanto e a tal ponto que recuo só para ver quem eu amo feliz. Amo com a Alma, e na matéria mais densa transmuto energias e levo ao êxtase. Me mostro através do meu olhar, e me faço entender através dos meus sentimentos. Sensibilidade aflora quando vibro ao som do meu violino. Registro emoções e traduzo-as em notas musicais. Sei falar e escrever o que sinto, mesmo que para isso não precise de palavras. Meu olhar é farol, que a tudo ilumina, meu sorriso é afago e ternura, meu abraço é porto seguro, é lar e aconchego. Poucos os que tem a oportunidade de me ver por inteira, sem restrições, medos ou ansiedades. Alguém que me impulsione rumo as descobertas e ao aprendizado.

Viajar, aprender, conhecer, reconhecer, amar, sorrir, chorar. Cantar, dançar, evoluir sempre.
Carinho, cumplicidade, respeito e companheirismo é o que espero.
Esta sou eu. Menina, mulher, espirito eterno, sentimento e emoção.

2 comentários:

Luciana disse...

Achei o máximo esta imagem! Nestas linhas descritas por você “Minha Essência”, mostra quem realmente és.
Por isso, a gente é cativada a ter pessoas assim ao nosso círculo de amigos, mesmo que às vezes distante. Paz e Bem! Luciana

Claudia Bins (Cacau) disse...

Karlinha querida,

Venho com muita alegria contar que a Juju nasceu! Passe lá no mosaicos para conhecê-la!

Beijo grande,

Cacau